Seguidores

terça-feira, março 28, 2017

Microcontos em homenagem ao dia do revisor, 28 de março


1) Era um revisor de textos apaixonado por vírgulas. Assim, o filho dele só podia ter um nome: Virgulino. Virgulino era tinhoso, um sujeito valente, e se desinteressava por completo da carreira do pai. Preferiu o cangaço, de onde tornou-se rei.

2) Era um revisor de textos daqueles bem chatos e insuportáveis. Vivia corrigindo todo o mundo. Nenhum deslize escrito ou falado escapava de sua correção. As pessoas viviam evitando-o. Quando morreu, os colegas de trabalho enviaram-lhe uma coroa com os dizeres: “Segue em pas amigo. Dos seus amigo de servisso.”

sábado, março 25, 2017

Microconto "A garça sem graça"



Foto: Regina Mancebo

Todos os dias ela faz a mesma coisa. Sobe na cerca e não consegue descer. Sem graça, a garça disfarça.

quarta-feira, março 22, 2017


Microconto nublado




O digitador do jornal fazia o trabalho dele olhando para o celular e rindo das piadinhas nas redes sociais. Num dia de nuvens, foi publicada a previsão do tempo por ele digitada: “Cú nublado a parcialmente nublado”. Foi para o olho da rua, com o -- na mão.

terça-feira, março 21, 2017




Microconto lunar ou lunático




Ela bem que tentou se despregar do céu para não ficar tão só. Por ser-lhe impossível, havia épocas que, de tristeza, ela minguava, minguava, até desaparecer. Refazia-se depois, num crescente contínuo, até brilhar como ninguém. (Criado em 20 fev. 2017.)

quinta-feira, março 16, 2017

Microconto com a palavra "trem" (criado em 24 jan. 2017)




Pôs para tocar na vitrola: “Ói, oia o trem, vem surgindo de trás das montanhas azuis, oia o trem...”. Dormiu. Sonhou que entrava num trem onde estavam sua mãe, seu irmão e seu pai. O disco acabou no instante em que deu o último suspiro.

quarta-feira, março 15, 2017


Microconto com a palavra "parede" (criado em 22 jan. 2017)





Depois que o prefeito mandou apagar todos os grafites pintados nas paredes da cidade, seus habitantes passaram a andar pelados e pintados, dando cor ao que agora é cinza. 

terça-feira, março 14, 2017

Microconto com a palavra "trança" (criado em 21 jan. 2017)


Festa de São João. Uma trança de cada lado dos cabelos, vestido de chita com calçola de renda por baixo, sardas falsas nas bochechas, batom vermelho fora do contorno da boca. Hora da dança, ninguém quer ser seu par. Lágrimas verdadeiras escorrem-lhe pelas faces, apagando para sempre as falsas sardas.

segunda-feira, março 13, 2017

Microconto inspirado na foto de Valéria Vaz



Era para ser um gato preto. Até descobrir a crueldade do mundo para o qual viria, em especial com os gatos pretos. Amarelou.

sexta-feira, março 10, 2017

O COQUEIRO E O MAR



Foto: Cláudia Carvalho Neves


Era o mais respeitador dos coqueiros e o único que, logo ao 

despertar, se curvava para saudar o Velho Mar. (Criado em 

10 fev. 2016.)

quinta-feira, março 09, 2017





Não se reconheceu no reflexo do espelho, não era mais o homem dantes. Ficou aliviado de não mais pertencer à humanidade e suas misérias.

Microcontos com a palavra "comida"


1) A comida era pouca. A fome era muita. Aos filhos, dizia

que já havia comido na rua para que eles pudessem comer o

pouco que tinha. Exausta e com fome, ia dormir. Ouviam-se 

roncos no cubículo. Eram os lamentos da faminta barriga da 

mãe.



2) A marmita com a comida passara a noite em cima da pia. De manhã, colocou-a na mochila e foi trabalhar. No almoço, abre a marmita e vê que está inundada de formigas, em meio ao arroz, feijão e bife. Ainda bem que são daquelas formigas que fazem bem para as vistas, pensa, antes da primeira garfada. 

quarta-feira, março 08, 2017

Microcontos para o quadro no poste


Foto: Valéria Vaz

1) Dormia encostadinho no poste que tinha um quadro pendurado sob os fios. Em seu sonho, corria naquela paisagem do mar com coqueiros. Era um cachorro abandonado, mas, em sonho, era feliz.


2) Quis dar uma de pintora. Arrancou de uma revista uma página com a imagem do mar com coqueiros para copiar. Tela e tintas diante de si, pintou, retocou, impressionou-se com o resultado. Péssimo. Só servia para ser pendurado em um poste para espantar moscas.

terça-feira, março 07, 2017

Microconto do dia


Leu num livro "Nenhum homem é uma ilha isolada.". Repetiu para si "Não sou uma ilha. Não sou uma ilha.". Tentou, tentou de novo, tentou mais uma vez espalhar-se na multidão. Foi em vão. Voltou a ser porção de terra cercada de água por todos os lados.

segunda-feira, março 06, 2017





Microconto carnavalesco




Carnaval. Não sabia se usava chifres e rabo pontudo do capiroto, ou asas de anjo, ou orelhas de Mickey, ou saia havaiana e colar de flor de plástico, ou se saía apenas com a mesma máscara que colocava todas as manhãs assim que abria os olhos. (Criado em 25 fev. 2017.)

Microconto com a palavra "juiz"


“Juiz hijo de puta”, ouviu da arquibancada, logo após decretar um pênalti. Segurou a bola debaixo do sovaco, colocou o apito na boca e apitou bem longamente, encerrando o jogo e ignorando os minutos de acréscimo que faltavam. Aceitava todo o tipo de xingamento. Menos o xingamento de sua mãe. (Criado em 16 jan. 2017.)


domingo, março 05, 2017


Gaivota libriana. Passou horas diante do mar: "vou ou não vou?". Voou. (Criado em 28 jan. 2016.)


Foto de Cláudia Carvalho Neves
Microconto de Nanci Ricci

Microconto com a palavra "lenha"



Lenha crepitando na lareira, chaleira chiando na cozinha, grilos cricrilando no negro da noite. Os homens caem em sono profundo e começam a roncar, ocultando todas as outras onomatopeias até o cocoricó do galo. (Criado em 14 jan. 2017.)

Microconto com a palavra "trator"


- Você é uma metralhadora. Fala demais.
- E você é um trator. Passa por cima dos sentimentos mais sublimes que alguém possa ter.

Assim, metralhadora e trator viveram juntos, e se detestando, até a morte. Mas, no túmulo da família, a estátua de cada um foi colocada de costas uma para a outra. (Criado em 13 jan. 2017.)

Microconto com a palavra "trópico"


Trabalho de escola: decalcar e pintar um mapa-múndi. O menino encantou-se entre as linhas, os pontos, os tracejados, as cores. Mergulhou nos rios e nos mares da Terra. Andou pela vastidão do mundo e encantou-se com sua diversidade e beleza. Perdeu-se para sempre entre os trópicos. (Criado em 11 jan. 2017.)

Microconto com a palavra "dúvida"



De malas prontas e ávidas para verem novas paisagens, ficava horas em pé, no meio da sala, matutando: vou ou não? Foi assim ao longo de seus 50 anos de idade. Dúvida se viajava ou não, se pintava ou não os cabelos, se se separava ou se continuava casada... Era de Libra, com ascendente em Sagitário. (Criado em 10 jan. 2017.)

Microconto com a palavra "alma"


De tanto ouvir de seu pai “Minha filha não vai namorar nem casar. Ela tem uma alma pura.”, caiu no mundo e se tornou uma doadora de corpo. Seu corpo era de quem o desejasse. Nem pura nem impura, agora sentia-se livre. (Criado em 9 jan. 2017.)

Microconto com a palavra "trevo"


Era um sujeito muito azarão. Difícil existir outro igual. Tropicou e, estatelado na calçada, viu um trevo da sorte que, resistente, saía da fresta de um muro. Não teve dúvida. Arrancou-o e levou-o para si. Não deixou de ser o maior dos azarões, mas agora era também dono de um trevo da sorte. (Criado em 7/1/2017.)

Microcontos com a palavra "surdo"



Surdo que era, era todo ouvidos quando alguém mencionava o nome dela: Marília. Daí, ficava todo prosa e falava sem parar dos olhos, da boca, dos cabelos e do rebolado de Marília. Era completamente cego para as outras mulheres. (Criado em 6/1/2017.)




Era surdo de pedra. Mas ninguém melhor do que ele para ouvir o cantar dos pássaros, o raiar do dia e o vaivém do mar. (Criado em 6/1/2017.)

Microconto com a palavra "livro"



Amava quando, no quarto, ela tirava o penhoar e, com sua camisola transparente, ia se deitar. Ficava extasiado quando ela o pegava e o acariciava de um jeito só dela. Sentia-se completo quando ela percorria-lhe trecho por trecho com os dedos ávidos e os olhos úmidos. Era um livro de cabeceira feliz. (Criado em 18/1/2017.)